Proteção da marca na era da desinformação | Teleperformance
proteção da marca

As redes sociais, goste-se ou não, tornaram-se uma parte considerável das nossas vidas. Desde que surgiram, as empresas têm contado com conteúdos gerados pelos utilizadores para promover as respetivas marcas. O boca a boca, as análises sólidas dos fãs e as comunidades online saudáveis que promovem produtos e serviços servem todos de ferramentas para as empresas reforçarem as estratégias de marketing. No entanto, é também neste contexto que surge uma nova e importante prioridade: a proteção da marca.

Hoje em dia – quando 3,5 mil milhões de pessoas são capazes de partilhar 2,5 triliões de bytes de dados de todo o mundo – como é que o conteúdo gerado pelo utilizador pode ser monitorizado, mantido e controlado? Como conseguimos assegurar a proteção da marca?

Vivendo num ambiente digital em que os dados são poder, em que podem ser facilmente criadas ou manipuladas personas online, em que qualquer indivíduo pode facilmente conectar-se com outra pessoa clicando num botão ou deslizando um dedo, é fácil ficar enredado em conteúdo nocivo ou enganoso nas redes sociais.

As notícias falsas e o conteúdo malicioso nas redes sociais que têm como alvo as empresas estão atualmente em crescimento. Esta questão está a causar um impacto negativo nas organizações, afetando as vendas, os preços das ações, a reputação da marca e a fidelização dos clientes.

Muitos líderes empresariais estão agora a voltar a atenção para este desafio crescente. No entanto, é um erro comum terem demasiadas expetativas quanto à capacidade dos meios de comunicação online e das empresas plataforma de controlarem o problema. As empresas devem empregar uma estratégia de moderação de conteúdo que aproveite tanto as vantagens da tecnologia de ponta quanto o toque humano para poderem isolar os riscos online.

Um novo relatório técnico da Harvard Business Review Analytic Services, em associação com a Teleperformance, analisa como os líderes empresariais podem proteger as empresas e as marcas da desinformação maliciosa, assim como a importância do fator humano na moderação do conteúdo.

A abordagem de high-tech | high-touch da Teleperformance combina a tecnologia, as melhores práticas globais, o toque humano e a disciplina Lean Six Sigma para elevar as nossas estratégias de moderação de conteúdo. Saiba mais sobre como pode contar com a Teleperformance para proteger a sua marca.


O que pensa acerca deste artigo?
Deixe-nos o seu comentário.

avatar

*